Conheça os sintomas da depressão

A depressão apresenta 3 níveis, que são: leve, moderada e grave. Se diagnosticado cedo, o caso pode ser tratado com visitas ao psicólogo. Logo, quando os sintomas da depressão ocorrem de forma leve, algumas sessões de terapia serão o suficiente para a pessoa retomar sua rotina e superar as crises depressivas.

Porém, com o agravamento do quadro, é preciso fazer o tratamento com remédios antidepressivos. Nessa fase, a pessoa depressiva deverá ir ao psiquiatra. Apenas esse especialista pode receitar medicações e cuidar da doença a nível hormonal.

Veja mais sobre as características que indicam um quadro depressivo.

Quais são os sintomas da depressão?

Confira os 5 sintomas mais presentes em uma pessoa depressiva. Se você ou um ente querido apresentar mais de 3 desses sinais, é o momento de procurar ajuda. Veja quais são os indicativos de uma depressão.

Tristeza profunda

Esse é um dos sintomas da depressão mais visíveis. A pessoa depressiva costuma ficar muito triste. Porém, não é uma tristeza natural. Ela chora com facilidade, sem motivos claros, e nada parece conseguir alegrá-la por muito tempo.

A diferença de sentir tristeza e estar com depressão é que a doença dura semanas ou até meses. Já a tristeza é um problema pontual, no qual a pessoa volta a ficar bem e seguir sua vida após um período com menos de 15 dias.

Desânimo

Quem tem depressão sente que está constantemente cansado. Ele não consegue achar sentido ou disposição para fazer as tarefas de seu dia. Mesmo que sejam atividades corriqueiras como comer, escovar os dentes ou tomar banho, quem tem depressão não sente vontade alguma para isso.

Ainda que se queira sair, estudar, conversar com os amigos, nada motiva o depressivo. Ele se mantém em uma bolha de pessimismo e falta de ânimo que só pode ser superada com ajuda profissional.

Dificuldade para manter a concentração

Para quem tem depressão ler ou acompanhar aulas e palestras é algo maçante. Por mais que a pessoa deseje prestar atenção, sua mente parece não acompanhar e fazer com que as palavras ditas soem muito complicadas.

Por sentir que está sempre com pouca energia, dificilmente uma pessoa depressiva engaja em uma conversa séria. Além de não conseguir ficar atenta, o assunto parece desinteressante e monótono para ela.

Falta de vontade de fazer atividades que gostava

Antes da depressão é comum que a pessoa tenha vários programas favoritos e hobbies. Ainda que goste mais de ficar em casa, pode apreciar assistir a filmes, ver séries, escutar músicas, reunir os amigos etc.

 

Quando os sintomas da depressão aparecem, a pessoa para de fazer tudo que gostava. O depressivo apenas deseja ficar em sua cama e dormir o máximo que conseguir. Porém, em alguns casos ele ainda pode ter problemas de insônia.

Insônia

 

Tanto a hipersonia (dormir muitas horas) quanto a insônia são sintomas da depressão. Ou seja, quando alguém está com o sono desregulado, isso indica um problema mais sério. Por isso, é fundamental dormir bem à noite.

 

O descanso ajuda para que todas as funções orgânicas trabalhem da forma correta. Assim, a melatonina e a serotonina conseguem atuar no corpo. Com isso, a pessoa consegue ter uma noite tranquila. O que não acontece com alguns depressivos, que passam as noites acordados com ansiedade e tristeza profunda.

 

Ao saber os 5 sintomas da depressão mais comuns, é possível identificar o começo das crises depressivas. Para ter o diagnóstico final, você deve consultar um profissional da saúde, que indicará se o seu caso deve ser acompanhado pelo psicólogo ou psiquiatra.

 

Para ajudar a vencer a depressão e potencializar o seu tratamento, experimente um suplemento natural. Ele regula o humor, oferece mais disposição e evitar as crises de ansiedade. Tudo isso sem causar danos ao organismo ou ter efeitos colaterais. Teste já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *